Menu

Summer Singing!

Curso Internacional de Canto Coral em Portugal

header photo

CAPELLA DURIENSIS

Capella Duriensis' unique concert programmes blend and contrast renaissance 'a cappella' works with medieval organum, folksongs from East and West Europe, religious music of the Eastern Orthodox church and 20th/21st century compositions. Their recent CD O Rito Bracarense (The Rite of Braga) brought to light many musical masterpieces from the nearly forgotten ritual, and now forms the basis of a Euroradio Early Music Series: Music of the Medieval Rites.

Since 2010, Capella Duriensis have been promoting Portuguese musical culture through deeply enriching performances in monasteries and monuments throughout Portugal. Within their first year, the ensemble received invitations to festivals in Leiria, Alcobaça, Azores Islands and Lisbon. Following a UK tour in 2012, Capella Duriensis were described as "wonderful ambassadors" of Portuguese music. This cultural-ambassadorial role has developed through performances and tours during 2014-15, in the west-country of the UK (Truro Cathedral, St German’s Abbey); London (St. George's, Hanover Square); the Netherlands (Fabulous Fringe series of the international Oude Muziek Festival, Utrecht); and Croatia (55th Musical Evenings in St Donat, Zadar).

The ensemble continue to perform regularly throughout Portugal, enjoying recent invitations to Marvão International Music Festival (performing also under the direction of Christoph Poppen), the Rota do Românico’s series Palcos do Românico, the series Espaços da Polifonia created by the Direcção regional de Cultura do Norte, and the Lisbon festival Música em S Roque.

Perhaps their most significant achievement is a new contract with the NAXOS label to record a series of Cds entitled 'Portuguese vocal masterpieces of the 16th and 17th Centuries'. The initial series of three CDs brings before the public many previously unrecorded works, both sacred and secular, creating a musical picture of Portugal during the richest years of it's cultural history.


alt

JONATHAN AYERST, FRCO, MA (Psychology of Music)

DIRETOR MUSICAL

Jonathan Ayerst iniciou os estudos musicais aos 7 anos de idade, como menino corista na Catedral de Truro e depois na Escola da Catedral de Wells, no Reino Unido. Depois de decidir especializar-se em piano, foi premiado com bolsas de estudo para aprofundar conhecimentos na Royal Academy of Music, tendo terminado estes estudos com aulas particulares com a pianista arménia Nellie Akopian.

Em 2000 foi nomeado pianista do Remix Ensemble Casa da Música, com o qual participou, muitas vezes como solista, em festivais em Valência, Roterdão, Huddersfield, Barcelona, Estrasburgo, Paris, Orleães, Reims, Antuérpia, Madrid, Budapeste, Norrköping, Viena, Witten, Berlim, Amesterdão e Bruxelas. Tocou recentemente a obra Islands para piano e ensemble de Luca Francesconi na Tonhalle de Zurique.

Paralelamente, no Reino Unido, concluiu uma gravação para a Hyperion das obras para violino e piano de Franz Liszt. Já se apresentou ao vivo na BBC Radio 3 e FM Classic e deu vários recitais em salas como Wigmore Hall e Purcell Room, South Bank Centre em Londres. Foi organista principal na Igreja de St. Benet Fink em Londres e deu concertos de órgão na Alemanha, Reino Unido e Porto. Nos seus recitais estão incluídas composições suas, editadas pela Warwick Music. Em 2009 foi galardoado com o ARCO (Associate of the Royal College of Organists), recebendo também o Prémio Sawyer and Durrant. Em 2011 foi nomeado Fellow of the Royal College of Organists (FRCO).

Nas últimas anos, Jonathan Ayerst tem desenvolvido um interesse pela psicologia musical, completando um mestrado nesta área na Universidade de Sheffield. Em 2016 recebeu a Charles Alan Bryars Organ Scholarship da mesma universidade, para iniciar o Doutoramento com o título Um Estudo Psicológico da improvisação na música clássica com ênfase especial nas técnicas de aprendizagem. Como parte do programa de doutoramente, completou recentamente um ano de estudos de improvisação com o organista e compositor Júrgen Essl no Muilhochschule de Estugarda.